E Zás #50 -Mixtape O Boldo vol.I, arte de Christina Hallstrom e gramática gerativa em cheque

(Acima, gravura de Christina Hallström. Mixtape O Boldo vol.Ipelo sempre ligado Bernardo Oliveira, a arte de  Christina Hallström e mais uma polêmica em torno da Gramática Gerativa de Noam Chomsky)

1.Bernardo Oliveira é um dos caras com o ouvido mais atento pra música boa independente de gêneros e fronteiras. E vem soltando umas mixtapes que são um raio luminoso de boa música nesse horizonte de uniformidade. Mixtape O Boldo vol.I procèis!

Ah, Bernardo é professor universitário e tem um livro incrível sobre o álbum Estudando o Samba do Tom Zé.

2. Christina Hallström é uma artista independente e design gráfica sueca cujo trabalho eu conheci faz uns 10 anos por conta de sua direção no documentário Beautiful Frenzy, sobre a banda holandesa The Ex.

theory-of-forms-01_close2

theory-of-forms-03

Dois trabalhos da série Theory of Forms

 

Seu trabalho espraia-se pela fotografia,gravura, vídeo e performance. Sempre de uma simplicidade e economia de gestos,porém com resultados expressivos e tocantes.


<p><a href=”https://vimeo.com/35944232″>VARIA2007 Improvisation Festival</a> from <a href=”https://vimeo.com/varia”>VARIA</a&gt; on <a href=”https://vimeo.com”>Vimeo</a&gt;.</p>

3. Novas polêmicas em tormo da gramática gerativa de Noam Chomsky! Dessa vez, o jornalista Daniel Everett, através da relação de tribo indígena amazônica com a linguagem,acha um possível furo na teoria linguística Chomskyana.

O texto completo aqui (em inglês).

Anúncios