Clássicos BMSA: Duke Ellington – Money Jungle

Domingo, para muitos o único dia pra dar uma arejada nas ideias e ficar a toa, de pernas pro ar. O utópico “Direito à preguiça!” Todo domingo, um clássico pra você colocar em alto e bom som e se jogar por completo dentro da música.

***

 

Duke Ellington é um dos pais daa matéria quando o assunto é jazz! O álbum Money Jungle foilançado em 1963 pela United Artists Jazz e se tornou imediatamente um sucesso de público e crítica. Não era pra menos.

Gravado no formato de trio – na realidade, um “triunvirato” como diz-se na contracapa do álbum, onde Duke Ellington se juntou a dois gigantes de escolas distintas posteriores do jazz: ninguém menos que Charlie Mingus e Max Roach!!

(nota mental: até hoje não sei se fiz certo ao escolher o Sonic Youth ao Max Roach em uma edição do Free Jazz Festival, que tocaram no mesmo dia e no mesmo horário)

É pouca pedra 90 ou não é?

Das sete faixas, apenas “Caravan” nãoé composição de Ellington (a composição é de Juan Tizol) e o registro no álbum das composições de Ellington – quatro eram inéditas – transitam dentro do que se convencionou chamar de post-Bop. Não precisa nem dizer que esse é um álbum imensamente influente dentro do cenário jazz dos anos 1960 né?

P.S:a dica foi do grande amigo e curtidor das coisas boas da vida, Clodos Paiva.

 

Anúncios