E Zás #38 – Sheffield Archives Tapes, Municipalismo e o Lugar de Fala

 

Mais de um ano sem publicar por aqui. Vida cheia. De saco cheio. Mas a barra de páginas aumentando em meu note. Por que não compartilhar um pouco do que ando caçando na net? Here we go again…

  1. A Sheffield Archives Tapes é uma página de pesquisa musical referente à cidade inglesa que nomeia a página. Lá você pode achar muita coisa massa dessa cidade sem grande expressão dentre as cidades inglesas tidas como importantes para a música, como essa fita k7 linda do Rudimentari Peni:

2. “(…)o colapso dos partidos socialdemocratas e a incapacidade dos partidos da esquerda tradicional em se repensar estão deixando um grande vazio no espaço político europeu. Se os movimentos bottom up“, feministas e radicalmente democráticos não damos um passo para frente para ocupar e articular esse espaço, serão outros que o farão. O tentará fazer a esquerda intelectual machocêntrica de sempre, se apropriando do capital simbólico dos processos de construção desde baixo e sem adotar as práticas que nos definem. A outra opção, que é mais provável e ainda pior, é que quem capitalize essa oportunidade seja a extrema-direita autoritária, utilizando suas ideias excludentes e etnicistas de soberania e de povo”. – O Municipalismo Será Internacionalista Ou não Será – texto incrível de membros do Barcelona En Comú, compartilhando seus erros e acertos publicamente e oferecendo uma forma de pensar a política e a sociedade a partir das bases, dos municípios. Tamo junto!

3. Lugar de fala – um dos argumentos de autoridades mais usados pela esquerda jovem na internet – dos coxinhas petistas aos black blocs –   e menos compreendido em sua totalidade. Daí que não é estranho que o famigerado Fernando Holliday (DEM) tenha o usado, de certa forma,a seu favor e calou de forma incômoda boa parte dessa galera que disputa narrativa na internet. Vários estudiosos dão a letra sobre o tema nesta reportagem direta e didática. Vale muito a leitura – até pra quem não sabe o que seria “Lugar de Fala”.

lugar-de-fala

TRILHA SONORA:
Algerie Musiques Rebelles (coletânea)
Antisect – Out From The Void (EP)
“Dig This: A Tribute to the Great Strike” (coletânea)
Daria – Red Red
The Fugs – No More Slavery
A Cor Do Som – Frutificar
J Crurch – The Drama Of Alienation
Mano Brown – Boogie Naipe
Jawbreaker – Rarities
Marli – Garota Dengue
Operation: Cliff Clavin – Paradise Lost
Nego E – Oceano
Pedro Flores – S/T

Anúncios