letralivre1

Fragmentos de uma História Política Subterrânea Sul Mineira II

É possível perceber o “fôlego” das ideias anarquistas aqui no Sul de Minas dando uma rápida espiada na revista carioca Letralivre, editada pelo simpático e muito querido Robson Achiamé, da mesma editora de seu sobrenome. Achiamé, ao lado de Plínio Augusto Coelho, da Editora Novos Tempos/Imaginário, são os grandes responsáveis no mundo editorial por manter o ideal libertário atuando no Brasil no mercado editorial.

 

O Letralivre durou 50 edições (mudando o formato a partir da edição 30), em 13 anos de existência, e se autointitulava uma revista de “Cultura Libertária, Arte e Literatura”. De fato, ela supria uma carência enorme que garotos como eu tinham no interior, por exemplo, além de ser muito acessível financeiramente. Robson, por vezes, fazia pequenas tiragens de contos, mandando os direitos autorais pro inferno, divulgando autores como José Veiga, Lima Barreto e Mário de Andrade, por exemplo. “Lembro que recebi num natal o conto O Peru de Natal do Mario de Andrade. Foi a primeira vez que li Mario de Andrade”, conta o mestre Fabiano Scodeler.

Uma característica forte da revista, era o carinho e o peito aberto com que o Robson tratava seus leitores, e a abertura para que os mesmos publicassem/experimentassem seus primeiros poemas e contos na mesma. Foi assim que o mesmo Fabiano do parágrafo aí de cima, mestre em Literatura Brasileira pela USP, superlativo letrista e amigo, e hoje músico despontando no mundão sob alcunha de Projeto Mujique/In-diô, publicou o poema que segue abaixo na nona edição do Letralivre. E contar um lance? Eu achei o Fabiano o cara mais foda do universo quando saiu o poema na revista!

Destaco, em seguida, outras edições onde aparecem nomes de pessoas aqui de Pouso Alegre e do Sul de Minas.

letralivre2

letralivre3

 

letralivre4

letralivre5

 

letralivre6

As digitalizações são das edições do Letralivre das edições #5 (abr/Mai – 95), #8 (ago-95), #9 (set – 95) e #14 (96). Quase duas décadas atrás – e como o tempo passa rápido!

 

Leia também:

Fragmentos de uma História Política Subterrânea Sul Mineira I

Projeto Mujique / In-diô

Um pensamento sobre “Fragmentos de uma História Política Subterrânea Sul Mineira II

  1. Pingback: Fragmentos de uma História Política Subterrânea Sul Mineira III | Big Mouth Strikes Again!

Os comentários estão desativados.