pintinhodemacumba

E Zás #28 – Uma Geral No que Tá Rolando!

1. “No século dezesseis, Pietro Aretino ridicularizou cardeais colando sonetos na Piazza Navona. Este foi o nascimento dos pasquinades [fiquei com medo de arriscar uma tradução] como gênero: pedaços de papel colados em bustos. Eles funcionavam como quadros de notícias em Roma e eram repletos de notas escandalosas (especialmente em períodos de crise). Este é apenas um exemplo de como a informação chega até nós em fragmentos e como ela tem uma qualidade fragmentária. Mas como ela se encaixa em um todo sistêmico? O equivalente moderno, Darnton argumenta, é o blog. Esta comparação, Darnton explica, pode ser vista como uma provocação para repensar a natureza dos livros, onde, veremos, o mesmo oferece uma visão mais ampla sobre a natureza dos livros. Comparar blogs de notas de escândalos com anedotas escandalosas do século dezoito pode ajudar a entender o ponto.

Darnton compara anedotas do século 18 com blogs do tipo de um Perez Hilton. Ele está especialmente interessado em saber como o material é retrabalhado em outros blogs: blogs envolvem a reciclagem de material de outros lugares, inclusive de outros blogs. Esta prática já foi muito comum em histórias e poesia satírica no século dezoito, onde se requentavam rumores de então. Como Darnton argumenta, os temas entre as duas épocas podem ser muito semelhantes: sexo entre figuras públicas, calúnia contra a  aristocracia e o clero, etc”.

O texto sobre esta interessante conferência do historiador da vida cotidiana, Robert Darnton, pode ser lido aqui.

2. Improvisação CABULOSA de John Zorn (saxofone) e Milford Graves na Abstract Expressionism gallery, nos Estados Unidos. Eu definitivamente acho Milford Graves um dos bateristas que melhor se entrosam com Zorn e parece acertado em demasia colocá-los em um ambiente de pintura abstrata. Essa ligação entre música e artes plásticas pode render muito, como vemos no vídeo.

 

 

3. Os brinquedinhos prediletos de diversas bandas no site Other Bands Stuff.


otherstuffotherbandstuff

 

4. Nei Lopes mandando, só pra variar, mais uma real do mundão:

 

“(…) me alegro ao ver na capa da revista de bordo a foto do nosso grande Zeca Pagodinho. Mas me surpreendo, no texto, com a afirmação de que ele ‘soube, como poucos, construir em torno de si uma mitologia elaborada e original, digna dos grandes astros do rock e da música pop mundial’.

 

Que pobreza! O jornalista engendra o “elogio” partindo do pressuposto de que rock e pop são algo muito superior em relação ao samba. Lastimável! Então, extraio do arquivo parte de um artigo de poucos nos atrás, para falar de um um tempo em que o samba tinha amplo espaço nos jornais, sobretudo através de um tipo aguerrido de jornalista especializado”.

 

Tudo isso em seu blog, no texto “Zeca Pagodinho, Pop e Rock: JORNALISTA PRETO (de sobrenome) FAZ GOL CONTRA”.

 

5. Uma cacetada de shows, faixas raras e mixtapes dos Beastie Boys nesse site que vai fazer a alegria dos fãs.

6. Blog incrível da PBS (em inglês) com conteúdo variado e muito bem escrito sobre Artes em geral. A última vez que o visitei havia uma entrevista incrível com Charles Lloyd.


7. Um tumblr instransponível, O Pintinho.