henry_darger

E Zás #26 – Uma Geral No que Tá Rolando!

1. Henry Darger, em um contexto anglo-saxão, é praticamente sinônimo de artista outsider, que ganha reconhecimento tardio. O trabalho dele é expressivo tanto por sua meticulosidade e fabulação quanto pela profusão. Abaixo, o incrível documentário sobre este artista tão peculiar, The Realms of the Unreal (via o blog bacanérrimo do Chris Calvet)

 

 

Capa do álbum "Feels" do Animal Collective é homenagem ao artista.

Capa do álbum “Feels” do Animal Collective é homenagem ao artista.

 

2. Acabou de sair na gringa o livro “Days of Destruction, Days of Revolt” (“Dias de Destruição, Dias de Revolta”), colaboração do jornalista Chris Hedges com o gigante das HQs Joe Sacco. A obra trata da vida cotidiana de quatro centros de pobreza nos Estados Unidos do século 21. Mistura de reportagem com comentário social, onde Hedges e Sacco usam suas décadas de experiência como correspondentes de guerra para tratar do desastre interno de um país acostumado a destruir outros países em nome da liberdade e da democracia. (leia uma resenha de Notas Sobre Gaza de Joe Saco aqui)

 

Curioso que faz poucos dias o The Nation falou sobre como a “mais icônica cidade estadunidense tem índices de desigualdade iguais aos da Suazilândia”.

 

Uma matéria completa sobre o livro de Chris Hedges e Joe Sacco você lê aqui.

joesacco

 

3. Amigos da boa música, o blog UM QUE TENHA voltou ao ar! Um viva pra nós!

 

4. O produtor Grip Grand pegou um punhado de vocais a capella do icônico MC MF Doom e as reconstruiu do INÍCIO AO FIM!

 

O álbum “GG DOOM! BUT HOW?” pode ser escutado abaixo:

 

5. A gêmea boa da Rachel Sheherazade comenta sobre o preconceito travestido de opinião da repórter do Jornal do SBT. Pontual e engraçado, como grande parte das coisas que o humorista agitprop Rafucko cria.

 


“minha xoxota é o poder!”

Um pensamento sobre “E Zás #26 – Uma Geral No que Tá Rolando!

Os comentários estão desativados.