vertigo40

Qual o maior hino punk de todos os tempos?

Na edição 40 da revista Vertigo (um mix nacional com algumas séries do selo adulto de mesmo nome da DC Comics), há a primeira parte de uma história do mago amoral John Constantine, onde acompanhamos uma equipe de pesquisadores do punk rock atrás de informações sobre a Membrana Mucosa – fracassada banda de juventude do mago inglês – para um documentário.

 

Em dado momento, dois especialistas sobre punk dessa equipe fictícia começam a listar os maiores hinos punks da história. A lista, que deve refletir a opinião do escritor Sean Murphy (há ainda uma citação visual a Henry Rollins na história), é esta abaixo:

 

Richard Hell – Blank Generation

The Damned – Neat Neat Neat

X-Ray Spex – Oh Bondage, Up Yours

X-Ray Spex – The Day The World Turned Dayglo

The Vibrators – We Vibrate

Dead Kennedys – Too Drunk Too Fuck

Este blog contribui com tempero brasileiro pra essa brincadeira:

Garotos Podres – Anarquia Oi!

 

Cólera – Quanto Vale a Liberdade?


E PRA VOCÊS? QUAL O MAIOR HINO PUNK DE TODOS OS TEMPOS?

Um pensamento sobre “Qual o maior hino punk de todos os tempos?

  1. Eu adicionaria as seguintes:
    Complete Control, Clash. 53rd and 3rd, Ramones. Ever Fall in Love, Buzzcocks. Alternative Ulster, Stiff Little Fingers. Borstal Breakout, Sham 69. Greatest Cockney Rip Off, Cockney Rejects e, pra avançar o tempo um pouco, Kids of The Black Hole, dos Adolescents. Mas dá vontade de voar pra estante de discos pra não cometer injustiças!

Os comentários estão desativados.