carlos-cachaça-002

Cinema em Casa: Para O Nosso Carnaval Ser Total

Com todo respeito ao rap e quetais, mas a verdadeira música antissistêmica brasileira é o samba!

A equação é simples: sem o negro não existe samba. Sem a mulher (negra) não existe samba – e não são das belas passistas que falo – elas também, aliás! – mas das Tias Ciatas que abriam seus terreiros, das Clementinas de Jesus, das Donas Ivones Laras, das Donas Zicas… Sem falar que se a comunidade não abraça, canta e divulga o samba, nada acontece. Samba é, ao fim e ao cabo, outro padrão de civilização brasileira!

Pra aquecer os tamborins e entrarmos de pé direito na nossa maior festa e na que mais nos define, o carnaval, coloco a baila um documentário sobre os “avós do samba”, entrecortado por uma narrativa informativa, bonita e sucinta, um documentário contando a heroica e rebelde história de como surgiram as escolas de samba, e, por fim: um dos seus maiores artífices contemporâneos, um artista que praticamente pavimentou a passagem daquele samba que brilhou na era do Rádio e que já havia descido o morro e o colocou em termos de indústria cultural tal qual conhecemos hoje, mestre Martinho da Vila.

Por fim, recomendo tudo do canal sambavideosraros no youtube, e há um outro post relacionando outros grandes documentários sobre o samba!

Um pensamento sobre “Cinema em Casa: Para O Nosso Carnaval Ser Total

Os comentários estão desativados.