cartaz-vivencia-23-e-24-fevereiro1

Um Dia de Índio!

Orgulho dos amigos Josimas Ramos e Andreza Poitena! Além de manterem a distribuidora e selo No Gods No Masters (um oásis de música suja e radical, de literatura ativista e outros mimos de quem num tá de bobeira na pista), eles tão sempre na atividade, tirando algum coelho da cartola – além de tocarem no Tuna.

E os dois foram levar uma vida que valha a pena na praia, no litoral Sul de São Paulo, e já estão envolvidos em ativismo local. Respeito total: pensar globalmente, agir localmente. Daí que tão organizando, juntamente com um grupo de ecoturismo e os indígenas da Aldeia Tabaçu Rekoypy, um curso chamado Vivência na Aldeia, uma troca de experiências de Permacultura, Educação Ambiental e Tradições Indígenas.

Eu num sei muito desse troço de permacultura, mas se eles tão engajados nisso, pode ter certeza que é coisa legal. Veja o vídeo abaixo e visite o site e saiba mais informações.

<p><a href=”http://vimeo.com/59001534″>Vivência na Aldeia</a> from <a href=”http://vimeo.com/user16287412″>Andreza Poitena</a> on <a href=”http://vimeo.com“>Vimeo</a>.</p>

Foi legal que esse curso deles me lembrou do clássico som “Todo Dia É Dia De Índio” na voz da Baby Consuelo – que parece tá armando uma volta triunfal, segundo quem viu o último show dela em São Paulo, e dessa linda canção do Mateus Aleluia, mestre do samba baiano.